Várias vezes me peguei pensando sobre por que eu escrevo sobre meus términos. As meninas quase sempre leem e o recebem mal. O leitor provavelmente não me leva a sério, percebe minha parcialidade. Mas é uma necessidade minha para comigo, um ritual de encerramento. Após publicado o texto, está acabado o romance. Antes dele nada era definitivo.

Eu me permito romantizar. Eu me permito tomar partido. Exagerar. Escrever, e escrever sem me preocupar com coerência, escrever de forma a que aquilo se torne mais literatura do que desabafo.

Não me leve a sério. Já basta a mim esta loucura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s