A internet, quando massificou, foi reinventada. A entrada dos adultos nela foi determinante. Chegaram com eles o marketing, as leis, regras, censuras. As pessoas agora podiam ser processadas por comentários. Não era mais a terra sem lei de um dia, mas uma extensão do mundo real com consequências reais. O Facebook também tem uma parcela grande de culpa. Os fóruns, sites de relacionamentos, blogs, páginas, hiperlinks – tudo foi aglutinado em uma única página, onde todos tem nome, sobrenome e amigos. Os comentaristas anônimos dos fóruns foram quase extintos. Os blogs anônimos também. Você não podia mais falar o que você queria falar. Agora o jogo era pra valer. E tava todo mundo participando, por que o smartphone ficou acessível e dá pra pegar o wifi de vários lugares. E ai foram inventar de usar a internet pra fazer movimentação política. Falar de política era chato, era criticável até, na internet antiga – ah, fica falando na internet mas não põe  em prática. Ai essa meia dúzia de gente certinha, que não aderia ao discurso corrente, resolveu se juntar e fazer movimentos, que cresceram e todo mundo começou a querer participar também. Mudou a concepção. Agora, falar de política na internet é maneiro – está mudando o mundo real. A partir dai os resultados são muitos. Muitos avanços sociais acontecem e as ditas ‘minorias’ (que de minoria não tem nada) estão sendo empoderadas, mas uma vez que o empoderamento nas redes se dá a partir da repetição constante. e. insistente. de um discurso, as pessoas burras também resolveram que queriam ser empoderadas – e se dá a partir dai a ascensão de figuras grotescas como Bolsonaro, Sara Winter e Pixuleco. É preocupante. Se tem uma coisa que sempre vem junto de um cérebro fechado é uma boca aberta. Gente burra fala muito, e com convicção. É o que o Umberto Eco disse com “as redes sociais deram voz a uma legião de imbecis”. E não é uma competição acirrada – os números mostram isso. Tem muita gente sem estudo nesse país. A educação pública é precária , ridícula . É muito fácil ser ignorante e reproduzir o discurso ignorante. Sem falar dos religiosos, né, que são um problema em qualquer camada social. Ficam pensando num mundo de fábula e não percebem o que esta diante deles. Se o poder estiver na insistência, é uma guerra perdida pra ignorância, entende? Dai que eu sou contra esse papo de ser politizado na internet, saca? Eu preferia a antiga. Minha foto era de um anime, ou de uma estrela da Disney, eu tinha o nome que eu quisesse e as pessoas só buscavam entretenimento. Era mais fácil, divertido, e eu não era obrigado a ler tanta coisa burra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s