Hoje foi doido.

O Lucas, vocalista da Fresno, uma das maiores influências desta minha vida, meu artista favorito em diversos aspectos, postou uma foto no twitter. Nesta foto, ele bebia uma água de coco em um bar exatamente igual ao que tem em frente ao meu estágio. Em seguida, postou a localização – Pedra do Leme.

Pensei um pouco…
Pera aí…
Eu estou no estágio… E EU ESTAGIO NO LEME.

Ele estava literalmente há um quarteirão de mim. Sozinho, marcando um dez.

Levantei da mesa, falei pra minha chefe “preciso encontrar um amigo ali na praia, volto em 20 minutos”, e saí.

Comecei a andar boladamente pela rua, em meio àquela ventania de orla de praia mesclada a um fim de tarde de verão. O cenário de aventuras estava armado.

Chegando próximo, olhei e lá estava – o maluco sentado numa mureta, com um copinho, olhando pro mar.

Aproximei-me lentamente, por que ele tava de fone e olhando no celular, e cutuquei o joelho.

– Pô, posso trocar uma ideia contigo 5 minutinhos?
– Claro, galo, senta aí.
– Caraca, eu acabei de fazer uma maluquice…
– Que que tu fez?
– Saí do estágio doidão pra vir te ver.
– Que doidera, galo. Tu estagia com o que?

E aí correu a conversa.

Foram uns 10, 15 minutos, até que ele tomou seu rumo para a passagem de som do show da noite e eu voltei ao trabalho.

Foi irado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s