Sempre falta alguma coisa.

Eu quero um amor
nem que seja pra trazer tristeza
nem que seja pra trazer preocupação
contanto que me afete a cabeça
e mexa um pouquinho no coração.

No meu peito existe um vazio
que se multiplica quando estou sozinho.
Tudo nele passa, nada nele permanece
quando o sol vai embora é o meu peito que escurece.

Podia não ser um amor,
talvez uma droga ou entorpecente
qualquer coisa que me tire esse vazio
que há tanto mantém meu coração dormente.

Estou cansado e perdido,
e o que quero eu já nem sei.
Só sei que está faltando alguma coisa.
Sempre falta alguma coisa.
Digo de novo e repito:
Sempre falta alguma coisa.
Sempre falta alguma coisa.

4 comentários

  1. Carol · janeiro 19, 2015

    Lindo como tudo que o sr escreve.

    Sobre sempre faltar algo… Bom, é a natureza humana não é? Faz parte da nossa existência, da nossa condição de seres mutáveis. Sempre vai faltar, sempre vamos buscar algo que nos complete e assim seguimos o caminho rumo a felicidade.
    Não há uma música do forfun que fala sobre fugir da estagnação? Nada como um belíssimo buraco no peito para sair da zona de conforto e buscar o que se precisa, mesmo sem saber o que é.
    Viva as dores, os amores e qualquer merda que nos faça sentir a vida.

    Se nada disso faz sentido, me perdoe. São duas da madrugada e já não estou muito coerente.

  2. annapaulaoliveira · janeiro 19, 2015

    Sempre falta alguma coisa,
    Às vezes sobra.
    A distância

  3. Manu · janeiro 21, 2015

    Ai, que lindo. :~~~~~~~~

  4. L. · fevereiro 19, 2015

    Lindo, como sempre 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s