Hugo certo dia foi convidado a participar de um reality show. O programa consistia em: colocar uma determinada quantidade de pessoas em um ambiente dividido ao meio e atazanar-lhes os nervos de todas as formas possíveis só pra ver o que acontecia.

De vez em quando, o apresentador do reality aparecia, só sua cabeça, num enquadramento um tanto quanto hostil e ao mesmo tempo superficial, e obrigava os participantes a apontarem o dedo na cara de uma pessoa e dizer por qual motivo toda a audiência devia destestá-lo.

Após a saraivada de pedras, o pobre acusado é chamado pelo apresentador a se defender em um discurso de 30 segundos. Hugo, certa vez, foi este acusado.

– Acho meio infundado eu ter que defender a mim mesmo – disse – pois tudo o que eu fiz, eu fiz pensando estar certo, e por mais que eu tenha errado, a minha intenção era estar fazendo a coisa certa, e eu não sei quanto a vocês, mas em um ambiente em que todo mundo só quer parecer certo, acho quer querer fazer o certo ainda é a melhor atitude.

Hugo foi eliminado do programa. Não nessa semana. O discurso comoveu toda a audiência. Mas na semana seguinte Hugo disputou a permanência no reality com um cara muito mais bonito que ele e a audiência já tinha esquecido do discurso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s