Recordarei mas mesmo assim sei que não vai querer
Te chamarei porque sei que não responderá
Como me faz rir agora pensar em você como um jogo
e percebendo que eu te perdi
Te tiro uma outra foto.
Porque, pequena, você poderia escapar das minhas mãos.
E com a distância, os dias se tornarão anos.
Você se esquecerá de mim.
Mas quando chove, os perfis e as casas me lembram você.
(…)
Reconheci o teu olhar em um desses que passam
Mesmo que estivesse aqui, te sentiria distante.
O que pode significar se sentir pequeno
Quanto maior o sonho, maior o pesadelo.
Somos filhos de mundos diversos, de uma só memória
Que apaga, desenha e destrata a história
E você se esquecerá de mim
Quando chove, os perfis e as casas me lembram você.
E será belíssimo
Por que a alegria e a dor tem o mesmo sabor com você
Eu queria apenas que a noite passasse rápido
E tudo aquilo que você tem de mim não voltasse.

E ti scorderai di me
Quando piove i profili e le case ricordano te
E sarà bellissimo
Perché gioia e dolore han lo stesso sapore con te

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s